Atenção! O Portal dos Bancários RS utiliza cookies neste site, eles são utilizados para melhorar a sua experiência de uso e estatísticos.

Caixa Econômica Federal | 29/04/2024
Eleições Funcef: Contraf-CUT apoia Fernanda e Érico ao Conselho Fiscal

A votação virtual para o segundo turno de eleição na Funcef, para definir os ocupantes no Conselho Fiscal, começa neste sábado (27) e segue até terça-feira (30). A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) apoia o movimento Funcef é Vida, que tem como candidatos ao Conselho Fiscal Fernanda Cristina dos Anjos (titular) e Érico Jesus (suplente) – número 23.

“Confirmamos o apoio porque Fernanda e Érico são candidatos que se comprometeram com as pautas que nós sempre defendemos para o fundo de pensão dos empregados da Caixa Econômica Federal. Então, é muito importante que todas e todas participem do processo eleitoral”, destaca o dirigente da Contraf-CUT, Rafael de Castro.

Para votar  

O número de Fernanda e Érico é 23. Para votar nos candidatos, que formam chapa única para o Conselho Fiscal, bastar acessar o link do autoatendimento da Funcef: https://autoatendimentoweb.funcef.com.br/apl/Autoatendimento_Web/

Após acessar o link, digitar o login e a senha. Depois, localizar a opção Eleições no menu ou clicar diretamente no banner.

Todos os participantes, ativos e assistidos que aderiram a um dos planos de benefícios da Fundação até 31 de janeiro de 2024, estão aptos a votar.

OUTRAS MATÉRIAS
#CONFERÊNCIAESTADUAL | 21/05/2024
Conferência Estadual dos Bancários acontece dia 1º de junho
Evento, que aconteceria em maio e foi cancelado devido às enchentes, será dia 1º de junho, em formato virtual. Encontros por banco acontecem no mesmo dia. 
Banco do Brasil | 21/05/2024
Associados aprovam relatório da Cassi 2023
Documento foi aprovado com 87% do total de votos
Comitê de Crise | 21/05/2024
Comitê de crise discute medidas de apoio aos bancários atingidos pelas enchentes no RS
Entre as medidas estão o abono dos dias de trabalho para os impossibilitados de comparecer, a não abertura de agências sem água ou luz, a suspensão de metas e a garantia de auxílio moradia até que os bancários possam retornar às suas casas